ATENÇÃO!

As matérias assinadas são de total responsabilidade de seus autores.

AS POSTAGENS MAIS ACESSADAS!!! PARA LER QUALQUER UMA DELAS, BASTA CLICAR NA MANCHETE DA NOTÍCIA!

SE VOCÊ VAI CONSTRUIR OU REFORMAR... FALE COM ANÍZIO PETE!

SE VOCÊ VAI CONSTRUIR OU REFORMAR... FALE COM ANÍZIO PETE!

EM NOVO ENDEREÇO!

EM NOVO ENDEREÇO!

VEM AÍ A NOITE DAS ARABIAS EM SÃO MANUEL!

VEM AÍ A NOITE DAS ARABIAS EM SÃO MANUEL!

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

ELA JÁ ERA ARTISTA NA COZINHA! AGORA É ARTESÃ E ARTISTA PLÁSTICA!!! Conheçam Dalva Zullo de Moraes que acaba de expor seus trabalhos em Bauru e virou manchete nacional!


A Artista sãomanuelense Dalva Zullo de Moraes


Circulando por entre as 'páginas' virtuais, demos de cara com essa matéria lindíssima, a respeito de uma sãomanuelense que venceu barreiras e, de passadeira, transformou-se em artista plástica e artesã autodidata.

Dalva é guerreira, pois somente almas nobres, que não se deixam cair por perderem uma batalha, podem vencer o desânimo e até mesmo o preconceito.
Passar roupas, cozinhar, fazer salgadinhos... todas profissões nobres que também pedem artistas, se quiserem um trabalho bem feito.

Artista não é só aquele que trabalha com ARTE, em seus mais diversos segmentos. Aquele que prepara a refeição do dia com amor, dando mais sabor ao prato, torna-se artista em culinária. Assim como também é artista uma mãe que se desdobra para criar seus filhos, sozinha, em meios às lutas incessantes da vida.

Se somos todos filhos de um mesmo Deus, o artesão do Universo, logo também somos artistas natos.

A diferença é que uns descobrem-se mais cedo que outros. Outros não se descobrem nunca.

Dalva descobriu-se. E isso foi muito bom. Bom para ela, para nós, para São Manuel. Bom para a arte!

Essa sãomanuelense acaba de expor seus trabalhos em Bauru, chamando a atenção da mídia. O SITE Catraca Livre, em sua página QUEM INOVA, que procura mostrar pessoas acima de 60 anos que são inspirações à outras, realizou uma ampla matéria sobre ela e seu trabalho.

O texto, assinado pelo renomado Gilberto Dimenstein, cai como uma cascata de água pura, que refresca o calor das notícias ruins sobre nossa cidade em toda a mídia regional.

Ler uma matéria assim, nos faz amar, não só nossa cidade, mas sua gente, aqueles que não desistem, que se agarram em seus valores e dons individuais para representar um todo e fazer dessa forma renascer a esperança e a fé.



VEJAM AGORA A MATÉRIA QUE FOI PUBLICADA NO CATRACA LIVRE!!!





 Dalva Zullo de Moraes, 65 anos, está feliz da vida: depois de anos desenvolvendo sua própria técnica para criar esculturas e telhas a partir de papel, acaba de encerrar sua primeira exposição, em Bauru, vizinha de sua cidade, São Manuel (SP).

Nem sempre foi assim. Há cerca de 20 anos, em meio a uma depressão, “um momento terrível”, conta, assistia a um programa na TV com um artesão quando veio o clique: por que ela também não podia se tornar uma artista? “Eu me reinventei”, diz Dalva.

Ela, que já trabalhou como salgadeira, cozinheira, faxineira e hoje é passadeira, se transformou em artista plástica e artesã autodidata.

No início, escolheu decorar telhas de barro, mas, dada a dificuldade em encontrar o material, criou uma técnica própria de fazer telhas por empapelamento, que consiste em colar várias camadas de papéis de diferentes texturas, até que atinja a consistência desejada por ela.

Depois é hora de trabalhar com vários materiais: sementes, cascas de árvores, folhas e pedras, por exemplo. “Sempre saio de casa com uma sacola. Passo por parques, praças e vou recolhendo tudo o que possa ser usado nas minhas peças.”




Dalva reuniu algumas delas em outubro, num restaurante, e, apesar da alegria da conquista, preferiu não falar com quem admirava as peças. “As pessoas não sabiam que eu era a artista, fiquei quietinha, não quis me apresentar”, conta.

Sua identidade secreta não durou muito. A amiga de uma freguesa foi à exposição, gostou muito do que viu, tirou fotos e foi recomendar aos conhecidos.




Ao descobrir que a artista era a passadeira da colega, se surpreendeu e quis saber mais sobre o trabalho. “Fiquei toda orgulhosa.”

“Sempre quis mostrar minhas obras. Mas, aos 65 anos, tendo vivido tantas coisas, não imaginava que fosse tão bacana ver minhas peças em exposição para os outros, ver as pessoas comentando, fotografando e até comprando... Estou muito feliz.”

Por QSocial

*Este texto faz parte do projeto Geração Experiência, que tem como objetivo mostrar histórias de pessoas com mais de 60 anos que são inspiração para outras de qualquer idade.

FONTE: https://queminova.catracalivre.com.br/inspira/passadeira-se-reinventa-vira-artesa-e-monta-sua-1a-exposicao/?utm_source=soclminer&utm_medium=soclshare&utm_campaign=soclshare_facebook







PERDEMOS MAIS UMA VIDA PRECIOSA...





Renato Pires Filho, 25 anos, de São Manuel, que sofreu um acidente na Rodovia Marechal Rondon na ultima sexta-feira dia 17, estava internado na UTI no Hospital das Clinicas de Botucatu (UNESP), não resistiu aos ferimentos e faleceu na manhã desta sexta- feira dia 24.

Renato perdeu o controle do seu veiculo Gm Corsa, vindo a capotar várias vezes na Rodovia Marechal Rondon, no Km 275+ 500.

O condutor seguia no sentido São Manuel - Bauru e, próximo ao Distrito de Aparecida de São Manuel, por motivos a serem apurados, sofreu o acidente. 

À família os nossos sentimentos.







DELEGADO RESPONDE EM LIBERDADE!



 O Tribunal de Justiça (TJ) julgou anteontem habeas corpus e manteve a decisão liminar de setembro que concedeu ao delegado de São Manuel, José Mario Toniato, o direito de responder a processo por corrupção passiva em liberdade.

Conforme divulgado pelo JC, o delegado, que era diretor da Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran) do município, é suspeito de cobrar taxas indevidas de proprietários de empresas de vistoria, entre os anos de 2011 e 2013, para liberar a documentação dos veículos.

O caso, que segue sob segredo de Justiça, veio à tona no ano passado e foi investigado pela Polícia Civil, que remeteu os documentos ao Ministério Público (MP) e à Corregedoria da Polícia Civil de Sorocaba.

Quando as denúncias foram feitas, Toniato foi afastado da direção da Ciretran e da titularidade da delegacia da cidade. Desde então, vinha tirando sucessivas licenças médicas.

No final de julho, a prisão preventiva do delegado foi decretada pelo juiz Josias Martins de Almeida Júnior, da 1ª Vara Criminal de São Manuel, após denúncia feita pelo MP. O mandado foi cumprido no dia 25 de julho.

Segundo a advogada de Toniato, Lélia Leme Sogayar, a Justiça entendeu que ele poderia atrapalhar as investigações e ameaçar testemunhas. Na ocasião, ela protocolou no TJ habeas corpus pedindo liminarmente sua liberdade provisória.

O pedido foi negado no dia 29 e, após publicação da decisão, o advogado Dener Caio Castaldi, que também defende o delegado, pediu reconsideração do indeferimento da liminar, mas a solicitação foi novamente negada em 8 de agosto.



Favorável
 

No dia 4 de setembro, após analisar novos documentos trazidos aos autos, o TJ entendeu que Toniato não havia tentado influenciar as investigações e concedeu liminar determinando que ele fosse colocado em liberdade. Anteontem, o mérito do habeas corpus foi julgado e, seguindo o parecer do MP, a liminar foi mantida por unanimidade.

Pela decisão, o delegado fica obrigado a comparecer em Juízo uma vez por mês para justificar as suas atividades. Ele também não poderá se ausentar de São Manuel sem comunicação prévia à Justiça. “Agora, enquanto perdurar o processo, ele vai responder em liberdade”, explica o advogado Dener Caio Castaldi.


JC NET






OCORRÊNCIAS DE SÃO MANUEL!





AVERIGUAÇÃO DE MAUS TRATOS A ANIMAIS

Através de solicitação via fone 199, a Guarda Civil Municipal compareceu até um sitio, onde segundo a denúncia houve uma briga entre família e que o filho do Sr° J. F. havia agredido o mesmo verbalmente e descontou sua revolta em um cavalo de propriedade da família.

Na denúncia também foi dito que o cavalo estaria muito ferido e sem cuidados.

A guarnição constatou apenas dois ferimentos no animal, e o mesmo já estava sendo medicado pelo proprietário e aparentemente estava assustado.

O veterinário da prefeitura foi acionado a comparecer no local para atestar a saúde do animal e tomar as devidas providencias.



AUXILIO AO PÚBLICO

Acionada através do fone 199, a guarnição se deslocou ao bairro CDHU II, onde segundo informações da genitora do Sr° S. J. C., o mesmo estaria passando mal, vomitando sangue e visivelmente embriagado, dizendo ter ingerido medicamentos controlados juntamente com bebida alcoólica. 

Indagado sobre o ocorrido o mesmo não sabia informar qual o medicamento e nem a quantidade.

A Ambulância foi acionada e o Sr° S. J. C. juntamente com sua genitora  foi socorrido ao PS local, permanecendo em observação.

Dados encaminhados a DELPOL onde foi elaborado o BOPC 1470/2014 por se tratar de uma possível tentativa de suicídio. Segundo o médico plantonista o mesmo não corre risco de morte.



AUXÍLIO AO PÚBLICO
Através de solicitação via fone 199, do Sr. E.M., a Guarda Civil Municipal compareceu a Vicinal Tharcilio Baroni onde C.R.B. estava em frente a sua residência alegando que estava sendo perseguido por estranhos.

O mesmo foi conduzido até sua residência. 







CRESCEM AFASTAMENTOS POR ÁLCOOL E DROGAS EM TODA REGIÃO E JÁ CHEGAM A 1 POR DIA!!!



A cada dia, ao menos uma pessoa com carteira assinada, na região, se afasta do trabalho devido à dependência em álcool, cigarro e outras drogas. Segundo dados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), somente de janeiro a agosto deste ano, foram concedidos 342 auxílios-doença por este motivo nos 19 municípios abrangidos pela gerência regional.

O número é 16,7% maior do que o registrado no mesmo período do ano passado, quando 293 trabalhadores pediram afastamento para tratar a dependência.

Embora o volume pareça ser elevado, ele representa apenas 2% do total de 19.746 benefícios concedidos pelo INSS na região nos primeiros oito meses do ano.

Isso não implica em dizer, contudo, que o universo de dependentes seja pequeno, mas sim que os critérios para a obtenção do auxílio são bastante rigorosos. Para se afastar, o trabalhador precisa demonstrar, por meio de perícia médica, que está incapacitado de exercer suas  funções em razão do uso de álcool ou drogas.

Mesmo que seja comprovadamente dependente, ele só conseguirá o benefício se o vício, associado à atividade laboral, implicar em risco para a vida dele ou de terceiros, como ocorre, por exemplo, com operadores de máquinas e motoristas. Outra restrição é que, quando concedido, o afastamento costuma durar pouco.

Em média, são um ou dois meses, prazo que pode ser prorrogado caso haja recomendação médica. Para a psicóloga Maria Orlene Daré, no entanto, o período, aparentemente curto, é considerado ideal e alinhado com o tratamento que a psicologia defende para a superação da dependência.

“O paciente precisa passar por um período de desintoxicação, com internação e terapia medicamentosa, se necessário. Depois, ele inicia o tratamento em si, mas sem que haja a quebra de vínculos. O retorno ao trabalho, inclusive, contribui para a recuperação”, frisa ela, que é colaboradora do Conselho Regional de Psicologia e membro suplente do Conselho Municipal de Políticas Sobre Álcool e Outras Drogas (Comad).

Maria Orlene explica que o entendimento atual é de que o doente não deve permanecer internado, isolado da família e do convívio social, por longos períodos. Isso porque, por mais que consiga permanecer por meses longe do álcool ou das drogas durante o tempo de confinamento, as chances de recaída são grandes quando ele retorna à sua rotina diária.

“O ideal é que a recuperação se dê dentro das circunstâncias de sua vida real”, pondera a psicóloga. E, segundo ela, a possibilidade de se afastar do trabalho com alguma garantia financeira à família e com a perspectiva de retomada do emprego contribui para dar maior tranquilidade ao beneficiário.

“Hoje, felizmente, a dependência é entendida como doença e as empresas estão mais esclarecidas quanto à necessidade de tratamento e reintegração no trabalho.”



Auxílio-doença

O auxílio-doença é um direito de todo trabalhador segurado pelo INSS, que não perde o emprego ao se ausentar.

Para solicitar o benefício por uso abusivo de álcool e outras drogas, o solicitante deve ter pelo menos 12 meses de contribuição e comprovar, por meio de perícia médica, a dependência da droga que o incapacita de exercer o trabalho.

O valor varia de R$ 724,00 a R$ 4.390,24, de acordo com o valor recolhido pela Previdência Social.



Homens são maioria

Na esmagadora maioria dos casos, os trabalhadores que precisam afastar-se para tratar da dependência química são do sexo masculino – uma boa parcela composta por jovens de até 30 anos de idade. Não há, no entanto, como precisar qual tipo de droga prevalece entre os usuários, já que, em muitos casos, o consumo de álcool se associa à cocaína, o tabaco ao crack, entre outras combinações.

Conforme o JC apurou, o volume de recaídas – em que o mesmo trabalhador solicita mais de um afastamento ao longo da vida – é bastante frequente entre dependentes químicos. Embora o tempo médio de concessão do auxílio seja de até dois meses, há casos em que o período pode se prolongar, quando outras doenças psiquiátricas associadas são diagnosticadas e demandem mais tempo para serem tratadas.


Tisa Moraes
JC NET







NA TERRA DO NEPOTISMO!





CCpt - São Manuel/sp - 24/10/2014

CAÇA AOS CORRUPTOS


PONTÔMETRO

646 DIAS SEM A PONTE DA VILA SANTA HELENA


O prefeito disse em alto e bom som que "TUDO ERA URGENTE EM SÃO MANUEL", mas infelizmente está demonstrando que ele não tem nenhuma pressa, bastando ver que há 646 dias o povo da Vila Santa Helena vem sofrendo com a ausência da ponte levada pela chuva.

A urgência para o gestor já atingiu o limite máximo da lerdeza e parece que assim irá continuar, mesmo porque já venceu o prazo para conclusão da obra e nada de conclusão.

Assim, continua faltando uma ponte no caminho das águas do Rio Paraíso...




PROMESSÔMETRO
01 ANO - 10 MESES - 24 DIAS.

108 promessas insculpidas no DVD do prefeito.

000 promessas cumpridas.

Não há mais sinal de credibilidade na atual gestão municipal, pois após quase dois anos de mandato a competência do gestor não conseguiu levar a efeito as promessas que mandou gravar em DVD.

Até agora, somente mentiras, somente falsas promessas...




DISTRITÔMETRO

64 DIAS

É muito difícil acreditar que que foi comunicado pelo prefeito, através do seu jornal, que a obra de construção do novo Distrito Industrial havia sido iniciada há mais de 60 dias.

É incrível mas é verdade, no terreno destinado à construção, apenas o mato crescendo, não há o mínimo sinal do início de obra no local.

Nunca vimos um prefeito mentir tanto...




UPÔMETRO

31 DIAS


Essa é outra obra atingida pela sanha mentirosa da atual gestão, pois embora anunciado o começo da obra, a verba ainda não tinha sido liberada e portanto a obra não poderia ter sido iniciada.

Para disfarçar continuam remexendo a terra...




NA TERRA DA CORRUPÇÃO NEPOTISTA

Continua com força a corrupção na forma de nepotismo que atinge a Casa Branca juntamente com os apaniguados dos políticos, que não prestaram concurso público e recebem dos cofres públicos, ao arrepio da lei.

É uma forma de corrupção que traz muitos prejuízos aos manuelinos e atinge diretamente os bolsos do povo, causando-lhe muito prejuízo.

A população está simplesmente indignada e não aceita essa forma de corrupção na administração municipal.

O prefeito nada faz para extirpar essa forma de corrupção das hostes municipais e teima em continuar a absurda situação, embora afrontando a lei.

A existência dessa forma corrupta de administrar foi constatada pela Douta representante do Ministério Público de nossa comarca, que prepara denúncia em Ação Civil Pública contra o prefeito Marcos Monti.

"MAIS EMPREGO, SAÚDE E HABITAÇÃO"

São algumas das promessas do MARCOS MONTI 22 ao povo de São Manuel.

E o irmão arrematou: "Assumo um compromisso com com meu povo de São Manuel: eu e o MARCOS MONTI 22 estaremos lado a lado nessa missão, neste desafio".

Só mentiras, verdadeiro estelionato eleitoral...

EMPREGOS estão faltando e a cada mês continua diminuindo as vagas de emprego em São Manuel, fato que não aconteceu com os ex-prefeitos Baroni e Flavinho Silva.

SAÚDE em São Manuel está na orla da falência. Basta ver os dois últimos casos atendidos no Hospital, que desagradaram sobremaneira o povo de São Manuel.

No primeiro caso um jovem que estava com uma ponta de lança no interior da perna foi liberado com fortes dores sem que fosse ao menos providenciado Raio X para verificação da lesão.

No segundo caso, uma criança foi atendida, receitados analgésicos e liberada, porém continuou a apresentar problemas, sendo constatado posteriormente que estava com sinusite. Um absurdo...

Em termos de HABITAÇÃO nem é preciso dizer nada, pois até agora nenhuma das casas populares prometidas foi construída.

Só promessas que, apesar de gravadas em DVD, não há sinal de cumprimento e o povo continua sofrendo as consequências.

Mas as urnas já começaram a dar o resultado...

"HÁ 12 ANOS, SÃO MANUEL É MAL ADMINISTRADA. OS GOVERNOS DO PSB E DO PSDB NÃO CORRESPONDEM ÁS EXPECTATIVAS DA NOSSA GENTE. EMPRESAS FECHAM AS PORTAS E DÃO LUGAR AO DESEMPREGO QUE ASSOLA AS FAMÍLIAS SÃOMANUELENSES...É DIFÍCIO ENCONTRAR UMA ÁREA QUE FUNCIONE BEM" Palavras do Marcos Monti.

O que dizer agora que tudo mudou para pior ?... sem comentários...

E olhem que o vereador do PSDB tornou-se subserviente do prefeito e recebeu o prêmio do nepotismo, pois sua filha foi contrada para a legião de advogados pagos pelo povo.

Se antes era difícil encontrar uma área que funcionasse bem, hoje é simplesmente impossível achar...

"VAMOS REALIZAR AS OBRAS QUE SÃO MANUEL PRECISA, PRINCIPALMENTE NA GERAÇÃO DE EMPREGOS, NA MELHORIA DA SAÚDE E NA CONSTRUÇÃO DE MORADIAS". Palavras de Marcos Monti.

Onde estão essas obras, empregos e moradias ???

Sem mais comentários...




COISAS IRREGULARES DA PREFEITURA MUNICIPAL...

As pessoas que caminham ao redor do Poliesportivo não têm como deixar de ver irregularidades tão ridículas como as quadras de esportes cujos buracos foram tapados com o mesmo piche com que a prefeitura tapa os buracos do asfalto.

É simplesmente vergonhosa essa observação, mas a prefeitura não toma providências para coibir essas irregularidades...

Pobre São Manuel, que um dia foi a Princesinha da Alta Sorocabana.


E PONTO FINAL !



João Francisco Antunes
Jornalista - MTB 76.837


ÓTIMA SEXTA!


E PASSA A RÉGUA!